English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

terça-feira, 1 de maio de 2012

A BOTA DE SATÃ

- O quê? Você quer acabar comigo? Mas o que eu te fiz?
- Não dá mais... você não arruma emprego, está com uma pança de vermes, e tem este bigodinho de bicheiro mexicano que dá uma agonia só de ver. – Justificou a garota.
- Mas baby!
- Não tem mais... Eras isso seu chinelo de uma figa. Rapa fora! – Encerrou-se a conversa.

Pois é, isso acontece com muitos, e agora aconteceu comigo. O que será de mim? Irei viver no infinito mundo do “BLUES DO SEM LAR”? Que situação. Desempregado, alcoólatra nas horas vagas, pseudo músico de sétima categoria, e o pior de tudo... COM UM BIGODINHO DE BICHEIRO MEXICANO! NÃO! NÃO!NÃO! VOCÊ NÃO ENTENDEU!BIGODINHO DE BICHEIRO MEXICANO! PORRA... BIGODINHO DE BICHEIRO MEXICANO? ISSO É PRA DESMORALIZAR QUALQUER UM. Assim que saí da casa da minha atual ex-namorada, procurei um lugar do caralho. Um lugar onde as pessoas fossem loucas e super chapadas, e que de preferência tivesse cerveja barata. Depois de andar uma boa quantidade de quadras, avistei um bar.- Então  começaram a acontecer aquelas tão esperadas cenas clichês de quando o cara está na merda.- Atravessei a rua. Parei na frente do bar para acender o meu cigarro de rockstar (Marlboro Vemelho), e um cachorro mijou na minha perna. E o canalha ainda fez um semblante de quem estava feliz. Cão do demônio! Irá queimar nos mármores do inferno! Era só o que me faltava. Posteriormente a este episódio, entrei no bar. - se é que aquilo poderia ser chamado assim.- Não olhei para os lados e fui diretamente ao balcão. E quem estava lá? Ele! O maldito garçom careca com aquele mustache do “Nego Leôncio”. Sem falar do uniforme. Rapidamente eu pedi uma bebida a ele.

- O magrão! Me vê uma cerveja bem gelada.
- Uma cerveja bem gelada saindoô! – Pensei: “Que babaca!”.
- Está aqui sua cerveja senhor.
- Valeu!

Terminei a minha bereja e pedi um whisky sem gelo.

- Ohhhh cabeça de alfinete! Veja-me uma dose de whisky sem gelo!
- Mas o que houve com o senhor? Perdeu o seu emprego? Sua namorada deu-lhe um chute? O cachorro mijou na sua perna? Ou é por causa deste seu bigodinho de bicheiro mexicano? – indagou-me pausadamente enquanto limpava lentamente o balcão com uma flanela branca.
- HEY! HEY! HEY! O QUE É ISSO? QUEM É VOCÊ? COMO SABE DISSO TUDO? – perguntei de maneira arquejante, pois eu estava um pouco assustado e meu coração havia acelerado.
- HAHAHAHAHHA! QUEM EU SOU?
- SIM! QUEM VOCÊ É?
- SOU O DIABO MEU CHAPA, E POR ISSO EU SEI DE TUDO. ESTÁ VENDO TODAS ESTAS PESSOAS EM VOLTA?
 - SIM, ESTOU.
- ESTÃO TODAS MORTAS. E AQUI É O INFERNO OU... INFERNINHO! HAHAHAHAHAH! – gargalhou de maneira assustadora.
- ESTOU MORTO? COMO ASSIM? NÃNANINANÃO! I DON'T BELIEVE!
- MAS POR QUÊ?
- POXA SEU DIABO! EU NEM PUDE VER UM SHOW DOS ROLLING STONES...- SÓ UMA PERGUNTA SR.SATÃ... ESTE BAR NÃO É O ADEGAS NÉ?
- NÃO!
- UFA! ENTÃO ESTOU BEM!
- VOCÊ OUSA ZOMBAR DA MINHA CARA? - expressou-se de maneira rude.
- NÃO! JAMAIS! SÓ ESTOU SENDO SINCERO... POR ACASO O SENHOR JÁ FOI NO ADEGAS?
- NUNCA. SÓ FUI NO "NOSSO BAR", COM A GRAÇA DE MEU TRIDENTE!
- ENTÃO TU NÃO SABE O QUE É O INFERNO DE VERDADE. – DISSE A ELE.
- É... E DE VEZ ENQUANDO EU DOU UMA BANDA NO BAMBUS. HEY! ESPERA AÍ! TU NÃO QUER SABER POR QUAL MOTIVO ESTÁ AQUI?!
- AH! É VERDADE... DIGA-ME POR OBSÉQUIO.
- ESTÁ AQUI PORQUE DURANTE TODA A SUA VIDA VOCÊ FOI UM EGOÍSTA.
- A NÃO! VOCÊ E MINHA EX COM ESTE PAPINHO? TROCA A SINTONIA. NEM NO INFERNO EU ME LIVRO DESTAS PALESTRAS? NÃO É POSSÍVEL!
- É VERDADE. E AQUI TODA A QUARTA-FEIRA TEMOS REUNIÕES DO "AA". AGORA... CASO VOCÊ QUEIRA FICAR PRESO AQUI PRA TODA ETERNIDADE... NÃO TEM PROBLEMA... MUAHAHAHAHA!
- AH VÁ! SEU PEDERASTA DE MEIA TIGELA! AONDE ESTÃO AS ORGIAS? O PARAÍSO UNDERGROUND?
- SINTO TE DIZER... MAS DESDE QUE O PAPA JOÃO PAULO II APARECEU POR AQUI, A COISA MUDOU...
- O PAPA?
- SIM... O PAPA. TU ACHOU QUE ELE IRIA IR PRO CÉU? HAHAHAHA!
- REALMENTE TU ÉS UM  BUNDA MOLE!
- MAS POR QUÊ?
- TU DEIXA AQUELE VELHINHO INOFENSIVO MANDAR EM TI? ÓÓÓ "SENHOR DAS TREVAS"!
- É QUE  SEGUINTE MEU JOVEM... ELE SEMPRE ME CONSEGUE UM POUCO DE OURO, TU SABE QUE O VATICANO TEM MUITO NÉ? E EU COMO SOU VAIDOSO, ADORO BANHAR AS MINHAS ROUPAS A OURO. MAS NÃO MUDE DE ASSUNTO... ENTÃO? TU VAI QUERER FICAR AQUI PRA SEMPRE OU VAI COMPARECER ÀS REUNIÕES?
- NÃO VOU COMPARECER EM MERDA NENHUMA! E OUTRA! SE CONTINUAR COM ESSE PAPINHO DE CAPETA MIRIM TE SENTO O LAÇO!
- VOCÊ VAI VER! – DISSE O GUAMPUDO.
 AO OLHAR PARA O LADO DE MANEIRA DISPLICENTE, AQUELE CRETINO DEU-ME UM GOLPE NA CABEÇA COM O SEU TRIDENTE E ACABEI DESMAIANDO. Quando acordei da pancada tive uma estranha sensação. Como se alguma energia estivesse fazendo cócegas em torno da minha cabeça. Tudo ficou muito escuro e claro ao mesmo tempo. E quando eu percebi... minha namorada estava fazendo cafuné na minha cabeça, eu estava  todo mijado. Detalhe! Sem o bigodinho de bicheiro mexicano. Porém deitado em uma maca de hospital tomando soro na veia. Então minha namorada me disse.
- Calma meu bem, só foi mais um de seus comas alcoólicos.
- Droga!
 

 (Pirado dos Pampas)


4 comentários:

  1. éééééé...
    uma vez eu tive um coma que foi mais ou menos assim...rs

    ResponderExcluir
  2. maldito bigode, diálogos com o chifrudo, LEGAL

    ResponderExcluir